Sunday, October 23

“Eragon” e “Eldest” de Christopher Paolini


Eis que anda na berra o autor que começou a escrever “Eragon” com 15 anos, o livro que é o começo de uma trilogia e que se estende com “Eldest”.
Eragon é um rapaz pobre de 15 anos que numa das suas caçadas encontra uma pedra azulada e guarda-a, pensando que esta lhe daria alguma subsistência para si e para o seu tio Garrow e primo Roran. Ele não a consegue vender, até que um dia da pedra sai um dragão fêmea e a verdadeira história começa. Inicialmente ele consegue esconder Saphira (o dragão) mas o Império procura a todo o custo o ovo do dragão e Eragon é obrigado a fugir e a vingar a morte do tio. Fugitivo e apercebendo-se a pouco e pouco da noção de que acabara de se tornar um Cavaleiro, Eragon entra numa espécie de jornada do conhecimento, enfrentando muitas dificuldades, num mundo repleto de criaturas maléficas, onde o objectivo final será defrontar o Rei Galbatorix, Cavaleiro do mal, de forma a reinar a paz na Alagaësia.
Há Elfos, Anões, Homens, Dragões....Dejá vu ?
Pois bem...a história até é engraçada e nada aborrecida, mas há coisas tão parecidas com “O Senhor do Anéis” que até dói...todo o universo pareceu-me muito semelhante, Uruk-hai = Urgals, a linguagem de cada raça, sem falar na ideia global de uma pessoa ser a esperança de todos (mas isto é aceitável, nós humanos adoramos épicos)....Enfim, Tolkein está tão recente que tudo fica aquém deste.
Uma coisa que eu achei bem foi terem dado voz aos dragões e o autor ter explorado mais a magia e a leitura das mentes. O primeiro livro parece um pouco infantil na linguagem, não sei se é da tradução, pois no segundo não notei tanto. No entanto, neste existem erros de tradução graves, ao ponto de existirem palavras a mais nas frases, impedindo uma leitura fluente. (Ponto negativo para a revisão da tradução)
Não me arrependo de os ter lido, gosto do género, apesar da falta de criatividade em alguns pontos da trama, mas ok o rapaz ainda é novo e terá muito tempo para se aperfeiçoar.

Ah, é verdade o filme “Eragon” está em filmagens e é previsto para 2006, conta com a participação de Jeremy Irons, John Malkovich, Djimon Hounsou e Edward Speleers no papel principal. Para mais informações http://www.imdb.com/title/tt0449010/ e www.eragonmovie.com.

3 comments:

TF said...

Faz-me lembrar uma trilogia que uma rapariga que anda no meu curso escreveu, a Inês Botelho. Chama-se «O Ceptro de Aerzis» e anda pelas prateleiras da Fnac. Não os li, mas pelo que me disseram também é um bocado de Tolkienisse.

Tzipporah said...

A sério essa anda no teu curso? K Giro..eu não conheço ninguém famoso...mas acho que se deve louvar, escrever um livro é uma verdadeira arte, e como tal nunca agrada a todos.

TF said...

Eu só a conheço de vista. Quem é capaz de a conhecer melhor é o Citcat porque como ele anda metido na praxe, conhece muitos caloiros.
Inspiração do Tolkien ou não, é de se tirar o chapéu a três livros escritos com esta idade. Concordo contigo.