Wednesday, March 2

Óscares® 2004

Lista de Premiados:
(retirado de
www.oscars.com)
Melhor :
Actor principal:
Jamie Foxx –“Ray”
Actor secundário:
Morgan Freeman – “Million Dollar Baby”
Actriz principal:
Hilary Swank –“Million Dollar Baby”
Actriz secundária:
Cate Blanchett –“The Aviator”
Filme animado: “The Incredibles”
Direcção Artística: “The Aviator”
Filme : “Million Dollar Baby”
Cinematografia: “The Aviator”
Guarda-roupa: “The Aviator”
Realizador: Clint Eastwood - “Million Dollar Baby”
Documentário: “Born Into Brothels”
Documentário (short subject): “ Might Times: The Children’s March”
Montagem: “The Aviator”
Filme estrangeiro: “ Mar Adentro”
Maquilhagem: “Lemony Snicket’s a Series of Unfortunate Events”
Banda Sonora: “Finding Neverland”
Música: “Al Outro Lado Del Rio” – “The Motorcycle Diaries”
Argumento adaptado: “Sideways”
Argumento original: “Eternal Sunshine of the Spotless Mind”
Curta-metragem (animado): “Ryan”
Curta-metragem : “Wasp”
Montagem sonora: “The Incredibles”
Mistura sonora: “Ray”
Efeitos especiais: “Spider-Man 2”
Prémio Honorário: Roger Mayer e Sidney Lumet

O fim do mês de Fevereiro marcou a entrega dos prémios mais aguardados do ano, em que “Million Dollar Baby” foi o verdadeiro vencedor apesar de “The Aviator” ter conseguido mais uma estatueta (5), isto porque o filme de Clint Eastwood arrecadou os prémios mais importantes (melhor realizador, actriz principal, filme e actor secundário). Nomeado para 7 apenas lhe escapou o de melhor actor, que foi para Jamie Foxx, e o de montagem para “The Aviator”. “The Aviator” que à partida, levava um certo avanço, ficou por terra, ganhou bastantes estatuetas mas o “sonho” de Scorsese não foi recompensado. Devo dizer que como não vi ainda “Million Dollar Baby” ou na fantástica tradução a que estamos habituados - “Sonhos Vencidos”, e como tal não tenho opinião sobre o seu “triunfo”, contudo o Clint Eastwood já merecia maior reconhecimento, recordemos o filme “Mystic River” (leiam o livro é fantástico e vejam o filme também, representações fabulosas). O mais engraçado é que Clint Eastwood faz parte do jurado (se é assim que lhe chamam) da Academia tendo afirmado que votaria nele porque acreditava no seu trabalho (se ele não, quem mais?!).
Como todas as pessoas tenho as minhas preferências, claro está, influenciadas pelos filmes que vi e por isso devo dizer que o facto de Jamie Foxx ter ganho para melhor actor me insatisfez. As minhas apostas nessa categoria iam claramente para
Leonardo DiCaprio ou Johnny Depp, (ai se eu me ouvisse à meses atrás a “falar” bem do DiCaprio....), realmente seria um pouco prematuro dar-lhe um Óscar, mas acho que a transformação dele é evidente e é como a velha história, dos bons (caso do Jamie Foxx por ex.) esperamos sempre mais, já daqueles que inferiorizamos qualquer boa mudança é notória. Sinceramente acho que o Depp também merecia, não só por este filme, mas por muitos outros, é um actor que merece todas as letras dessa mesma palavra, molda-se com facilidade e isso é visível nos vários registos que fez, desde a comédia ao drama.
Hilary Swank lá levou mais um Óscar para casa, depois de “Boy’s don’t cry”, definitivamente a actriz já é preferida da academia.
Queria remarcar a única estatueta de “Eternal Sunshine of the Spotless Mind”, de melhor argumento original, a história realmente está muito bem apanhada, é triste que apenas tenha recebido esta, mas já seria de esperar, visto que em geral todos os filmes que ganham os Óscares são estreados no fim do ano para que estejam presentes na memória (tudo manobrado pelas produtoras).
Muito bem os óscares a “The Incredibles”, um filmes animado de qualidade, até faz relembrar os desenhos animados da minha geração (sem pokémons e digimons e coisas do género, maldita a hora que apareceram os power rangers ).
Uma pergunta, porquê que os filmes espanhóis ganham quase sempre?( Pode ser preconceito meu, não digo que o filme seja mau, estou só a falar no geral).
Nisto tudo tenho uma certa pena do Martin Scorsese que realmente é um pouco massacrado, nomeado, mas nunca ganha...lá vai ter ele de fazer um filme melhor. E ainda, ganharam os filmes de bilheteira...ao que já estamos habituados!
Pró ano há mais!
(Só espero aí não estar novamente até às 3h da manhã a fazer posters e artigos ditos científicos)

2 comments:

nakamura_michiyo said...

não foi um ano em que estivesse a torcer mais por este ou por aquele filme, até porque confesso que muitos dos mais nomeados, nem vi. Portanto estava um bocado a leste -_- no entanto, depois de ter visto o "Million Dollar Baby", só posso dizer que o óscar de melhor actor secundário não podia ter ido parar a melhores mãos. O Morgan Freeman esteve impecável. Sem querer retirar mérito à Hillary Swank e ao Clint Eastwood, para mim uma das melhores coisas do filme foi mesmo o Scrap... Grande interpretação do Freeman, sim senhor. A Hillary Swank também esteve muito bem, mas não vi o trabalho das outras actrizes, portanto não sei, mas provavelmente foi um óscar justo. Também fiquei muito contente por o argumento do "Eternal Sunshine of the Spotless Mind" ter ganho, foi mais que merecido, e aí está um filme que merecia ter tido mais divulgação! Gostava que o Johnny Depp tivesse ganho Melhor Actor, mas tenho a certeza de que se não foi este ano, há-de ser no próximo. Ele está numa forma espantosa.
Belo post este, ainda não sabia quem tinha ganho todas as categorias, agora já sei :)

Tzipporah said...

Tens razão, realmente o Johnny Depp está no seu melhor, aliás ele surpreende sempre e faz algo sempre melhor, pelos vistos a idade só lhe faz bem...é que aparentemente nem parece envelhecer. Quem se lembra do menino rebelde em "21 Jump Street"...