Saturday, August 27

Charlie and the Chocolate Factory (2005) de Tim Burton

Roald Dahl (1916-1990), britânico, escreveu “Charlie and the Chocolate Factory “ em 1964, tornando-o um clássico, tanto para miúdos como graúdos e utilizando o mesmo personagem para outro livro : “Charlie and the Great Glass Elevator “, que posteriormente foi adicionado ao primeiro e tendo como título “The Complete Adventures of Charlie and Mr Willy Wonka”. A sua primeira passagem para o cinema ocorreu em 1971 com o título “Willy Wonka the Chocolate Factory” e realizado por Mel Stuart. Roald Dahl escreveu também outros contos, como o conhecido "Matilda"(com um filme com o mesmo nome).
No início da visualização do filme preparamo-nos para entrar no universo Tim Burton, com as suas cores vivas e personagens fabulosas. Neste caso a personagem “bizarra” é Willy Wonka (Johnny Depp) um chocolateiro que fabrica chocolates para todo o globo, mas que ninguém conhece os trabalhadores que fazem tão delicioso chocolate. Um dia, decide este premiar 5 crianças com uma visita guiada à fábrica, só que há uma em particular, Charlie (Freddie Highmore), que tem o desejo mais puro de todas as outras. Está claro que este consegue, e juntamente com outras 4 crianças conhecem Wonka e este revela-se ao longo da visita uma pessoa marcada devido à sua infância, ou pela falta dela, por memórias antigas, ressentimentos, tristeza, dor, medo...talvez lhe possa chamar uma criança que não cresceu. À medida que o tempo passa é clara a diferença entre as crianças, umas porque são demasiado gulosas, outras mimadas, outros porque não têm o que uma criança necessita, a sua inocência e a capacidade de fantasiar e acreditar mesmo no impossível. E acho que é a grande lição da história!! O único menino puro e inocente é de facto Charlie, porque apresenta valores mais altos do que os restantes e porque preza a família mais do que tudo o resto!
O filme é Tim Burton e ponto, acho que não preciso de explicar muito mais! É muito divertido e tem umas canções muito giras, a minha favorita é sem dúvida a inicial:

Welcome Puppets: Willy Wonka, Willy Wonka, the amazing chocolatier / Willy Wonka, Willy Wonka, everybody give a cheer / He's modest, clever, and so smart, he barely can restrain it / With so much generosity, there is no way to contain it, to contain it, to contain.... to contain... to contain... / Willy Wonka, Willy Wonka, he's the one that you're about to meet / Willy Wonka, Willy Wonka, he's a genius who just can't be beat / The magician and the chocolate whiz / The best darn guy who ever lived / Willy Wonka, here he is!

E sem dúvida Johnny Depp é um dos poucos que consegue sofrer metarmofoses e estar sempre diferente, e isso é a melhor qualidade de um actor. Os restante elenco está muito bem, o rapazinho já nos habituou em “Finding Neverland” que é uma promessa para o cinema, só queria mencionar a grande actriz Helena Boham Carter e David Kelly (Joe,o avô que o acompanha na visita), sendo este de uma ternura adorável, transmitindo a todas as pessoas o desejo de terem avôs como ele.
Só para rematar...seria muito bom se as crianças e adultos vissem mais filmes como este, em vez de verem porcarias na televisão e ficarem cada vez mais impossíveis!

2 comments:

TF said...

Agora ao ler a letra da música, lembrei-me da melodia. De facto, era bem engraçada. lol
Nos créditos finais, reparei que quem a cantou foi o próprio compositor, o Danny Elfman. Ele deve ter modificado a sua voz electronicamente - um efeito porreiro - e criou a voz dos Oompa loompas. :)

Tzipporah said...

Por acaso também reparei nisso...e hoje reparei que é ele que está envolvido na parte musical da série "Desperate housewives"! :)