Monday, June 6

Triste solidão...


É num dia solarengo, com um calor sufocante que vos falo...o mesmo calor que nos leva à loucura e à desventura. E é por falta de calor que este blog definha...Sente falta de ouvir teclas a bater, de ouvir clicks e mais clicks... Mas sente ainda mais falta de sentir os seus "mentores"... qual oásis num deserto.... qual abandono... Terei de rogar aos deuses para que os encham de inspiração e vontade, que lhes dêem vida... enérgica, capaz de mover montanhas...
E enquanto isso este blog vive solitário, triste e com medo...medo do seu fim...de não ser capaz e a insegurança consome-o letra a letra...parágrafo a parágrafo...até que nada reste...nada a não ser o fim!

Imagem :
Sadness of Gaia:
The Earth Goddess looks on sadly, aware that our human weaknesses will mean many years of education to prevent the ruin of our precious world.
The contents of her wings symbolise all the creatures that need protection. As always, "Gaia" will be there to listen and to comfort, bringing with her the rainbow of hope.
The clouds are gathering around our world, but she knows she must be strong and work to rectify mans' errors, in the belief that he will one day understand that our precious earth deserves our protection.
Let us hope that one day soon "Gaia" will look upon the earth and be satisfied that her lessons have been learnt

5 comments:

Uruk Riot said...

Que o blog e a sua autora terna e dedicada, se sentirem completamente sem forças contra o abandono e desolação do vazio, que se lembrem desta mensagem e do seu sincero autor que sempre tentará ser um farol de esperança e de novo fulgor! Um verdadeiro bradar de encorajamento! Mesmo que apenas as minhas intervenções sejam vistas como uma pequena estrela num vasto universo, trémula e incerta, quase irrelevante, é certo que será também uma estrela bem longe da super nova e terá uma presença constante e continuada durante várias gerações! Por isso Gaia se verteres mais uma lágrima, que esta seja de alegria!

Alberto Gonçalves said...

Bem, eu julgo que o comentário anterior não podia ser mais eloquente e posso dizer que fala por todos os que são teus amigos! Pelo menos fala por mim...
Não desanimes, que esta é apenas uma breve travessia do deserto e que em breve melhores dias virão!
E que Gaia se alegre pelos poucos, ma bons filhos que tem e que a amam incondicionalmente...

Tzipporah said...

Ai ai eu rio-me bué com vocês...mas obrigada pelo apoio...não sei se perceberam a minha "tristeza"...mas de qualquer forma é bom saber..

Uruk Riot said...

Como decerto tens noção, eu sei do que estava a falar. É certo que burilei um pouco o texto mascarando assim talvez o óbvio… Mas olha, foi o que me saiu na altura... Agora em relação ao nosso amigo Alberto, eu sinceramente não ponho as minhas mãos no fogo! E ainda por cima utiliza o meu comentário! Já que o fez, aproveito eu também para questionar do que ele se refere...

Boreas said...

Numa versão mais curta do que me desencorajei a dizer...

Sim todos estamos a apoiar-te nos momentos dificeis e podes contar com a nossa amizade. No entanto estou certo que neste momento não é a nossa presença que te poderia tirar desta "tristeza" que ainda se mantem. Estou no entanto certo que a "tristeza" passará...mais cedo ou mais tarde... ou não....
Mas para já desejo-te uma continuação do teu grande trabalho, mesmo que no silencio e solidão.

Será que aqui salta o obvio à vista?